Cronograma de obras: como prepará-lo em 4 passos

Para que todo projeto possa ser realizado com total exatidão do prazo é necessário um planejamento, todas as etapas do processo possam ser realizadas de acordo. No entanto, conforme o grau de complexidade dos projetos aumentam, os cronogramas precisam ser elaborados com técnicas mais avançadas. Além do prazo, outros fatores são fundamentais como, controlar o financeiro, programar compras, gerir e contratar mão-de-obra e prevenir conflitos entre as atividades. Por esse motivo, hoje vamos te explicar uma forma simples de como organizar o seu cronograma de obras, em 4 passos.

1) Definir as Atividades – nesta etapa seu objetivo é construir a chamada Estrutura Analítica do Projeto (EAP) ou, do inglês, Work Breakdown Structure (WBS), que nada mais é do que a listagem de todas as atividades necessárias para entregar o projeto finalizado, inclusive identificando as fases da obra. É importante lembra-se das subatividades, que são importantes para o processo. Por exemplo, na fase de entrega da ferragem de uma laje superior, lembrar da locação de um guindaste para levar o aço aos pises mais altos.

2) Sequenciar as Atividades – depois de organizar todas as atividades necessárias para a conclusão da obra, você precisa definir o relacionamento entre as atividades, isto é, qual atividade ocorre depois de outra.

3) Estimar as Durações das Atividades – nesta etapa você deverá estipular a data de entrega do projeto, provavelmente você deverá fazer alguns ajustes isso vai depende de alguns fatores como: dinheiro, disponibilidade de caminhões betoneiras, velocidade e capacidade de carga da grua, quantidade de mão-de-obra.

4) Desenvolver o Cronograma – Tendo em mãos a EAP, as predecessoras e as durações de cada atividade, você tem condições de montar o cronograma. Utilize os programas MS Project, Primavera, OpenProj ou mesmo o MS Excel, porque mostram graficamente o sequenciamento das atividades do projeto.

cronograma de obras

Cronograma de obras

Dessa forma você terá visualmente e também de forma documental o início de cada etapa de sua obra, quais suas necessidades futuras e assim, se precaver de atrasos que seriam evitados via planejamento.

By | 2018-06-20T17:22:32+00:00 18/06/2018|Sem classificação|