fbpx

Água: Gestão consciente na construção

A água é um recurso crucial para a construção civil. 

Na última segunda-feira, dia 22 de março, foi comemorado o Dia Mundial da Água, criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) para conscientização pública a respeito de assuntos relacionados à conservação e desenvolvimento dos recursos hídricos. O objetivo da data é desenvolver ações de conscientização e promover o consumo responsável dos recursos hídricos, gastos em excesso em muitos casos. 

Mas, você sabe por que a água é importante? 

Ela está presente em diversas atividades do cotidiano como limpeza, banho, no preparo de refeições ou como forma de consumo humano, visto que o nosso corpo exige boas quantidades de água para se manter hidratado. A sua presença é fundamental justamente porque ela é capaz de transportar inúmeras substâncias e é um solvente universal, o que significa que é possível dissolver outros compostos químicos como sal, açúcar e álcool. Por este motivo, a água é um elemento indispensável para a manutenção da vida no nosso planeta. 

No canteiro de obras, a água também é essencial, pois está presente em diferentes etapas do projeto arquitetônico, como limpeza das áreas e materiais ou até mesmo para compor argamassas e concreto. Ao longo dos séculos, a humanidade desenvolveu uma série de tecnologias para aumentar a eficiência energética, redução do consumo de matérias-primas e maior reaproveitamento da circulação de água. 

Ao fazer um orçamento de uma construção, é possível colocar sistemas que vão ajudar no reuso e distribuição da água e, consequentemente, melhor aproveitamento do recurso. Um exemplo é a instalação de sistema de calhas, que permite o direcionamento da água de chuva para um reservatório e em seguida ser reutilizada. É possível também reaproveitar a água da chuva na cura do concreto, um processo que consiste em hidratar o concreto para que a água deste não sofra uma evaporação prematura. Outro mecanismo capaz de garantir a preservação do recurso é a instalação de sistemas de captação da água de chuva e de distribuição para que ela possa ser usada de maneira mais consciente, reduzida e econômica durante a obra. 

Em 2014, com a ameaça da escassez de água, as siderúrgicas investiram em ações para o reaproveitamento, como treinamento dos trabalhadores, captação de águas das chuvas e otimização de sistemas de reuso. Nas usinas de produção de aço, o processo que mais utiliza água é o resfriamento, uma vez que é comum a água resfriar o material.

Essa água transita num sistema de armazenamento fechado. Nesses casos, a água salubre, ou seja, aquela que possui mais sais dissolvidos do que água doce, pode ser utilizada como recurso para esse mecanismo das empresas, assim como água salgada, que também possui mais sais dissolvidos, pode ser utilizada no processo. Não há nenhuma perda de qualidade nesse caso, o que é um ponto positivo, pois possibilita a economia de água e diminuição de custos. 

No universo da construção civil, podemos usar a água com mais responsabilidade e evitar desperdícios, pois as tecnologias existentes corroboram com a economia do recurso, ajudam na preservação ambiental e tornam o processo economicamente mais viável. 

By | 2021-03-25T16:06:06-03:00 25/03/2021|meio ambiente|