fbpx

Conheça os tipos de produto com aço para construção civil

A utilização do aço na construção civil traz várias vantagens para uma obra, desde o planejamento até a sua finalização. É um material tão versátil que hoje existem mais de 3.000 tipos de aço e inúmeros produtos feitos com ele para a construção civil.

O motivo de tamanha variedade é por conta do seu conjunto de benefícios. Por ser flexível, permite explorar mais a criatividade nos projetos e, na parte das edificações, pode ser utilizado na estrutura base, feita com componentes do aço e também na armadura para completar a estrutura de concreto armado. Outra vantagem é que ele permite projetos mais livres, com menos interferências estruturais. Isso porque com o concreto na estrutura, os vãos geralmente têm entre 4 ou 5 metros, mas com o aço é possível trabalhar com o dobro.

O aço também tem a vantagem de proporcionar construções mais leves desde a estrutura, o que pode gerar uma economia com outros materiais.

Outro ponto é que o material é resistente à corrosão atmosférica, mas, mesmo assim, existem processos que podem reforçar mais essa característica, por exemplo a galvanização, que cria uma proteção contra a corrosão, aumentando a sua durabilidade em até quatro vezes, quando comparado ao aço comum.

Além disso, quando comparado a outros materiais, o aço tem menor impacto no meio ambiente. Além de poupar as árvores, emite menos material particulado e também causa menos poluição sonora, já que não é necessário usar equipamentos para trabalhar com a madeira.

Por mais que os materiais feitos com aço tenham as características citadas anteriormente, a fabricação e composição de cada um deles é diferente. Conheça suas particularidades:

 

  • Arame Recozido: é um material muito útil e, por isso, muito utilizado na construção civil. Ele é feito com aço de baixo teor de carbono e passa por um longo processo de produção até passar pela trefilação para ser endurecido, e depois o recozimento, que garante a sua maleabilidade. Ele pode ser usado em simples amarrações de peças ou desempenhar um papel essencial, como nas amarrações de concreto armado, fazendo com que as estruturas internas permaneçam bem alinhadas.

 

  • Vergalhões: são barras de aço que servem para produzir o concreto armado. Eles são compostos de 60% a 70% de sucata de aço e 30% de compostos de minério de ferro e outros elementos de liga. Para fazer uma melhor ligadura do vergalhão com o concreto, durante a laminação a quente, os cilindros de laminação provocam nervuras (elevações superficiais) e elas podem ser transversais (ou estrias, tipo espinha) ou longitudinais (aleta). 
  • O vergalhão mais comum é o CA-50, que é um vergalhão laminado a quente, com estrias transversais e duas aletas longitudinais.
  • O vergalhão CA-60, o fio máquina, é um dos vergalhões mais finos. Também não tem exigências de estrias transversais e aletas longitudinais.
  • Já o CA-25 é o vergalhão das barras de transferência ou barras de ligação. Eles são lisos, trefilados a frio e não podem ter estrias e nem aletas.

 

  • Tela Soldada Nervurada: feitas com aço CA-60 nervurado, com alta resistência mecânica, elas são sobrepostas e soldadas entre si em todos os pontos em que se cruzam. As telas são próprias para construir lajes em concreto armado, pisos industriais e estruturas pré-moldadas. 

 

  • Barra de Transferência: são fabricadas em aço CA-25 e tem formato retilíneo e sem rebarba. É um item indispensável na construção de pisos e pavimentos de concreto armado, sua função é distribuir as cargas sobre o piso entre as placas de concreto armado.

 

 

  • Malhas: são produzidas com aço CA-60 nervurado. Existe a malha leve, a média, a reforçada e a pesada. Esse material é essencial em obras com concreto armado e é indicado para a estruturação de lajes e pisos.

 

  • Pregos: grandes obras também exigem ferramentas pequenas. Dependendo da classe de resistência do parafuso, o tipo de aço varia. Em modelos de classe mais baixa, geralmente são confeccionados com aço com baixo ou médio carbono. Já para os parafusos de classes mais altas, o aço deve ser médio carbono ou aço ligado. Os pregos podem ser usados nas mais diversas funções na marcenaria, construção de móveis e até em aplicações estruturais.

 

  • Treliças: são fabricadas com aço CA-60 nervurado e, com seu formato em zigue-zague, as treliças conseguem absorver o peso e o impacto da obra, então, geralmente são utilizadas para oferecer mais apoio, resistência e segurança na construção. São aplicáveis na construção de pisos e lajes.

Mas o uso do aço nas obras não se limita apenas às grandes estruturas. Na verdade, a aplicação do aço vem ganhando espaço na construção de residências devido a redução de custos que proporciona e o menor prazo de execução da construção. Porém, também existe outro motivo fora do canteiro de obras para a preferência: os materiais de aço conferem uma aparência moderna. Confira alguns produtos aplicados em residências: 

  • Grade de proteção de escada: sua aplicação no topo da escada, é recomendada para barrar o acesso e evitar acidentes, principalmente em ambientes com animais de estimação e crianças pequenas.
  • Guarda-corpo: assim como a grade proteção, sua função é garantir a segurança em ambiente com escadas, rampas, varandas e sacadas.
  • Corrimão: esse item de segurança é indispensável para escadas e rampas e o feito em aço é uma opção com ótimo custo benefício.
  • Esquadrias: É como as portas, portões, janelas, venezianas ou qualquer objeto semelhante de abertura são chamados nas obras.
  • Portão automático pivotante: Muito utilizado devido a sua praticidade, esse tipo de portão abre como uma porta simples.
  • Pias de cozinha: a versão em aço inox é considerada mais higiênica por não oxidar com em contato com a água, não acumular muita sujeira e ser mais fácil de limpar, além de ser bem resistente. 
  • Acabamento dos sanitários como torneiras e barra de aço para sustentação.
  • Acabamentos como maçaneta, revestimento dos azulejos e até mesmo na decoração.

Gostou do nosso conteúdo? 

Confira nossa próxima matéria da série “12 curiosidades sobre o aço”, em que iremos falar sobre a reciclagem do aço, disponível a partir do dia 1º de julho em nosso blog.

By | 2021-05-31T18:50:55-03:00 31/05/2021|Curiosidades sobre o aço|